quinta-feira, 19 de abril de 2018

Professores do RN decretam suspensão da greve após garantia da correção do Piso com retroativo




A greve da Rede Estadual de ensino do RN está suspensa. É o que foi decidido pelos trabalhadores em educação durante assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (19/04). O movimento grevista durou 29 dias. Os profissionais retornam as escolas na segunda-feira (23).
A categoria suspendeu o movimento grevista após o SINTE/RN, mediado pela Justiça, arrancar do governo a garantia do pagamento da correção de 6,81% do Piso Salarial 2018, bem como o retroativo acumulado de janeiro a março.
O Piso, conforme prometido pelo governo, será implementado para os trabalhadores ativos já agora em abril. Os aposentados vão receber em 6 parcelas, de abril a setembro deste ano. O retroativo, tanto para ativos quanto aposentados, será pago de outubro a março de 2019, em 6 parcelas. Tal proposta, que foi a 5ª e última apresentada pelo Executivo, só saiu após muita negociação e o intermédio da Justiça.
A coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, disse que a proposta do governo para pagar o Piso não é a ideal, contudo, é válida devido a conjuntura de cortes de investimentos: “Sabemos que a proposta que veio não é a melhor. Não é a que esperávamos. Porém, é a que conseguimos arrancar do governo após muita luta, sobretudo em um momento que os governos estão seguindo a cartilha de Temer e cortando investimentos”.
Já o coordenador geral do SINTE/RN, professor José Teixeira, disse que a luta agora é para fazer o governo cumprir o que prometeu: “O momento agora é de seguir firmes na luta. Portanto, vamos aguardar que o governo pague (o Piso) conforme prometeu, sob a mediação judicial”.
MELHORIAS NAS ESCOLAS
Quanto a melhoria nas escolas, que incluiu reformas, materiais didáticos, merenda e quadro completo de professor, entre outras coisas, o SINTE/RN vai formar uma comissão permanente, que reunirá os estudantes. Uma reunião para tratar do assunto acontecerá já nesta sexta-feira (20), às 14h30, na sede estadual do Sindicato.

Robinson anuncia voo inaugural da Azul Linhas Aéreas em Mossoró



O governador Robinson Faria anunciou no seu Instagram a confirmação do voo inaugural da Azul Linhas Aéreas para Mossoró marcado para o dia 13 de junho deste ano.

Robinson também aproveitou para registrar e agradecer a parceria com a prefeita Rosalba Ciarlini, que segundo o governador “se uniu ao esforço do Governo do RN”.
Para a Azul, os clientes que partirem de Mossoró poderão chegar a cidades como São Paulo por meio dos aeroportos de Viracopos e Guarulhos. Ainda será possível conectar-se a Belo Horizonte (Confins), Rio de Janeiro (Galeão), Fortaleza, Salvador, Juazeiro do Norte, Natal, Teresina, Maceió, Aracajú, Petrolina, São Luís, João Pessoa, Belém e também dois dos destinos internacionais operados pela empresa nos Estados Unidos, Fort Lauderdale e Orlando.

Câmara Municipal, Prefeito e defesa civil de Apodi realizam audiência para discutir soluções para período de chuvas intensas




Na manhã desta quarta-feira (18), na plenária da câmara aconteceu uma audiência com o objetivo de discutir os desafios enfrentados neste período de intenso inverno das últimas semanas.

Na ocasião, contamos com a participação da Defesa Civil do município que conduziu a pauta e tivemos a presença do prefeito municipal Alan Silveira e uma comitiva de vários secretários e equipe técnica, a CDL, Bombeiro Civil, além da presença dos vereadores Bebé Gama, Paulo de Telécio, Genivan Varela, Júnior Carlos, Charton Rêgo, Evangelista e Laete Oliveira.

Foi editado um plano de contingenciamento para se adequar a situação atual, que foi impresso e distribuído no local para a informação de todos.

Segundo o prefeito municipal Alan Silveira, as ações para soluções permanentes serão executadas ao passar o período mais crítico e que no momento, todas as ações possíveis para mitigar os resultados das chuvas estão sendo feitos.

Genivan Varela alertou para a necessidade de ações permanentes e insistiu que a demanda da zona rural e de total conhecimento dos parlamentares em detalhes, tendo em vista o trabalho constante nas quatro regiões.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

STTR de Apodi/RN participa de roda de conversa com alunos do curso de Enfermagem da UERN



Na manhã desta terça feira (17) os agricultores Agnaldo Fernandes e Edílson Neto que fazem parte da direção do STTR de Apodi estiveram participando de uma roda de conversa provocada pela Professora Ms. Andrezza Pontes da UERN que ministra a disciplina: ENFERMAGEM NA SAÚDE E DOENÇA NO PROCESSO PRODUTIVO. A disciplina discute a questão da enfermagem na saúde do trabalhador e é ministrada no sexto período da faculdade de Enfermagem da UERN que conta com um público de 27 alunos.

Andrezza Pontes destaca a importância da parceria com os agricultores familiares camponeses nas RODAS DE CONVERSAS, tendo em vista que a partir da realidade concreta é preciso valorizar os diálogos e troca de saberes, “a gente está discutindo a partir da realidade do trabalhador camponês, os impactos do agronegócio na vida dos agricultores familiares”.

Comunicação do STTR do Apodi/RN.

Rede Estadual mantém greve para exigir melhoria de proposta do Piso 2018 sugerida por Desembargador


A greve da Rede Estadual de ensino do RN continua. É o que foi decidido pelos trabalhadores em educação durante assembleia realizada na manhã desta terça-feira (17/04). O movimento grevista já está no seu 27° dia.

A categoria decidiu manter a greve para que o governo do Estado melhore a última proposta apresentada para pagar a correção de 6,81% do Piso Salarial 2018. A proposta do governo consiste em implementar o Piso para os trabalhadores ativos já agora em abril, de forma integral. Os aposentados receberiam em 6 parcelas, de abril a setembro deste ano. Já o retroativo, tanto para ativos quanto aposentados, seria pago de outubro a março de 2019, em 6 parcelas, conforme sugerido pelo Desembargador Glauber Rêgo durante audiência de conciliação no último dia 11 de abril.

A assembleia decidiu que quer que os aposentados recebam o Piso ao mesmo tempo que os ativos e que o retroativo seja pago até o final de 2018. A deliberação da assembleia será levada ao governo por intermédio da Justiça.

Uma nova assembleia acontece nesta quinta-feira (19), às 14h30, no Winston Churchill, para avaliar o andamento das negociações.


segunda-feira, 16 de abril de 2018

Gilvan Alves cobra aplicação dos recursos dos Royalties na Infraestrutura do município de Apodi



Gilvan Alves usou sua fala durante o grande expediente da sessão nesta quinta-feira (12) e trouxe dados e números para comprovar a falta de planejamento do poder executivo, bem como a inércia no que diz respeito a investimentos. Logo de início, citou a situação do distrito de Soledade, onde a população já espera a mais de um ano por uma promessa de calçamento, “Nenhuma pedra de calçamento foi colocada nesse 1 ano e 3 meses”, reforça Gilvan. Com uma arrecadação recorde em 2017, de mais de 9 milhões de reais somente em uma fonte de recursos, e com mais de 2,8 milhões em 2018, somente em 3 meses, a prefeitura só investiu 150 mil reais e ainda em formato de parceria para pavimentação.

O parlamentar destaca que a situação de Córrego e Melancias também não são diferentes, e investimentos como pavimentação, coleta de lixo, fica a desejar, mesmo sendo um direito da população desses locais que receberam a posição de distrito.

Na sequência, o edil anuncia a necessidade de tomar medidas jurídicas, tendo em vista a falta de resposta pelo prefeito do requerimento no qual se cobra a planilha que liste onde os recursos dos royalties foram gastos.

Gilvan questiona o poder executivo que somente agora, depois de uma grande pressão, tenha assinado o acordo com o ministério público sobre a obstetrícia no município, para ele, na época em que o convênio foi suspenso, o prefeito já deveria ter tido esse tipo compromisso.

"Moradores da Rua Padre Renato sofrem com Rua intransitável" Lamenta Genivan Varela



Genivan Varela usou sua fala durante o grande expediente da sessão nesta quinta-feira (12) e entrou em vários temas importantes e que estiveram em evidência nos últimos dias e iniciou falando do descaso que se observa a meses com relação ao bueiro da estrada para o córrego. “Corremos o risco real de ver a região da areia interditada”. 

Outra pauta de sua fala é mais um descaso da gestão e dessa vez na zona urbana a rua Padre Renato encontra-se interditada, o principal acesso que liga os bairros de Lagoa Seca a Cruz das Almas.

Sobre a saúde, falta material no PSF do Bamburral e várias pessoas ficam sem atendimento odontológico, um problema recorrente noticiado na câmara e que preocupa a todos quando se imagina uma municipalização do Hospital Regional Hélio Morais Marinho.

“Se tá faltando o básico do básico, como a prefeitura pode dar conta de parte do hospital?” Questionou Genivan.

Por último, o parlamentar convida o prefeito a copiar os bons exemplos e cita a ponte metálica da comunidade de Queimadas, onde os moradores até hoje comemoram os benefícios da mesma. Genivan propõe que se faça a mesma ação no Vale e na Areia.

domingo, 15 de abril de 2018

Kelps diz que pré-candidatura de Soneth tem chances reais de realizar o sonho de Apodi ter um deputado estadual da terra



O deputado Kelps Lima fez discurso em Apodi neste sábado, 14 de abril, e disse que a cidade finalmente possui um projeto lúcido, sólido e com chances de êxito para ter um deputado apodiense na Assembleia Legislativa.

“Soneth é pré-candidata do Solidariedade de Apodi para deputado estadual e pode, sim, ganhar a eleição”, disse Kelps, no evento que reuniu dezenas de pessoas na Casa da Cultura.
“Eu tenho uma gratidão enorme pela cidade de Apodi. Ela foi muito representativa para as minhas duas ascensões ao parlamento. Chegou a hora de devolver o bem que Apodi me fez. E esse bem pode se materializar levando Soneth ao Parlamento estadual”.
“Soneth agora tem um partido, um projeto bem definido, uma chapa própria e não corre o risco de ser esteira nem acessório de oligarquias. Nenhum Alves ou Maia vai chegar aqui em cima da hora e dizer que ela não poderá ser candidata. Nada disso. O sucesso do projeto dela só depende do nosso esforço e da própria cidade”, sentenciou o presidente estadual do Solidariedade, Kelps Lima.

Júnior Carlos cobra pontes metálicas e estradas de qualidade para regiões do vale e areia



Júnior Carlos usou a tribuna nesta quinta-feira (12) e cobrou que a prefeitura invista na recuperação das estradas vicinais e construa pontes metálicas na zona rural, especialmente direcionando sua fala ao Vale do Apodi e a Região da Areia.

Antes disso, entrou no assunto da situação dos serviços de obstetrícia do município que está parado e reforçou que torce que o prefeito consiga nos 120 dias, viabilizar a sala de parto no hospital, frisando que é a favor, no entanto, se manifestou contrário a uma possível municipalização da unidade.

Sua cobrança sobre as estradas foi sobre a agilidade que não estar existindo e quando qualquer reparo é feito, se faz mal feito. 

“O que a gente ver são gambiarras”. Desabafou Júnior Carlos.

Na sua fala, citou o exemplo das comunidades de Baixa Fechada 1 e 2, onde os alunos estão perdendo aula pois o acesso encontra-se intransitável para o transporte escolar.

Ainda sobre as estradas, o vereador convidou os colegas a visitarem a divisa entre o Vale do Apodi e o Vale de Felipe Guerra, para comparar a qualidade das estradas e do material usado. “Lá em Felipe Guerra eles investiram em estradas de boa qualidade que vão resistir ao período de chuvas”.

Por fim, o parlamentar alertou para uma possível queda de receita, frisando que a média dos 3 primeiros meses do ano foi de mais de R$ 900 mil e não se ver investimento, temendo que aconteça em Apodi, o que aconteceu em Felipe Guerra, onde já se teve arrecadações de 1,6 milhões de reais e hoje caiu para menos de 90 mil.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Professores da rede Estadual mantém greve e solicita esclarecimentos sobre proposta do Piso



A assembleia dos trabalhadores em educação, realizada na manhã desta sexta-feira (13), decidiu manter a greve na Rede Estadual e solicitar esclarecimentos sobre a proposta para pagar o Piso Salarial. A correção de 6,81% do Piso é a principal reivindicação do movimento grevista da categoria, que já está no 23º dia.

A proposta do governo consiste em pagar a correção de 6,81% do Piso agora em abril para os ativos. Os aposentados, conforme sugerido pelo Executivo, receberão em 6 parcelas, de abril a setembro. Quanto ao retroativo acumulado de janeiro a março deste ano, tanto os ativos quando os aposentados receberão em 6 parcelas, de outubro a março de 2019, de acordo com o proposto ao governo pelo Desembargador Glauber Rêgo, em audiência de conciliação na última quarta-feira (11). O governo ainda não confirmou se deseja pagar o retroativo conforme proposto pelo Desembargador.

Os profissionais querem que a proposta para pagar o Piso Salarial, no ponto que se refere aos aposentados, seja devidamente esclarecida. A assembleia também decidiu esperar que o governo se posicione acerca de toda a proposta. Uma nova assembleia for marcada para a próxima terça-feira (17), às 8h30, no Winston Churchill.

Além da correção do Piso Salarial, os trabalhadores em educação estão em greve por melhores condições de trabalho e em prol de reformas nas escolas. Tal ponto tem o total apoio dos estudantes, conforme demonstrado nos atos e assembleias realizados ao longo da greve. Na próxima semana uma audiência deverá acontecer com o Secretário Adjunto da Educação, Marino Azevedo, para tratar deste ponto.

A categoria também exige o pagamento de direitos que vêm sendo negados e o pagamento em dia dos salários dos aposentados, pagos com atraso há quase 27 meses.

Sinte/RN