terça-feira, 21 de novembro de 2017

Prefeito de Apodi perdeu prazo para recorrer e feirantes serão prejudicados




O prefeito Alan Silveira, por meio de sua equipe, bem que tentou jogar a culpa para a antiga gestão, mas não colou.

Trata-se da determinação judicial que orienta o município de Apodi a desobstruir calçadas e ruas da cidade atualmente ocupadas por comerciantes sem o devido consentimento do município.

Alan tentou jogar para Flaviano a culpa por não ter recorrido da decisão, mas esqueceu de fazer as contas pra perceber que o prazo quem perdeu foi sua gestão.

A liminar foi concedida em Novembro de 2016, porém o mandato só foi juntado aos autos dia 30/11/2016, sendo portanto que o prazo de 30 dias úteis começou a ser cobrado a partir do dia 1 de dezembro.

Considerando apenas os dias úteis depois desse período chegamos a conclusão de que o prazo pra recorrer da decisão foi até o dia 16 de fevereiro de 2017, já com quase 2 meses que Alan Silveira havia assumido a prefeitura.

A tentativa de culpar os outros, prática corriqueira da gestão atual não funcionou, e além da inércia da prefeitura sobre o caso tem irritado os comerciantes, que querem ver alguma solução para seus problemas.

Há 4 meses que a prefeitura foi notificada pelo Ministério Público, e nada foi feito pelo prefeito ou seus assessores. Sequer uma reunião foi marcada com os comerciantes, que diante da situação se vêem de mãos atadas, esperando ajuda por parte da câmara municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário