sexta-feira, 21 de setembro de 2018

CDP de Apodi aderi ao ENEM Prisional 2018


O edital do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) foi publicado pelo  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) no Diário Oficial da União, e o Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP), já assinou o Termo de Adesão, Responsabilidades e Compromissos para realização do exame.

As inscrições dos internos acontecem entre 24/09/2018 ate o dia 05/10/2018 de outubro. O exame é destinado a pessoas submetidas a penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Os participantes, com idade a partir de 18 anos, poderão utilizar o desempenho no exame como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso à educação superior. 

Já os participantes menores de 18 anos, considerados "treineiros”, só poderão utilizar os seus resultados individuais do Exame para a autoavaliação de conhecimentos.

Nos dias 18 e 19 deste mês, 29 detentos que cumprem pena no Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP) prestaram o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

De acordo com o diretor da unidade prisional, agente penitenciário Marcio Morais, os internos participante vão receber a certificação do Ensino Fundamental ou Médio se atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 5 pontos na redação.

“Aderimos e realizamos o exame do ENCCEJA, e agora ao ENEM Prisional 2018, isso prova que estamos buscando a ressocialização do interno através da educação”, comentou Marcio Morais, que tem seguido a politica de ressocialização da SEJUC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário